Dr. Paulo Duarte | Otoplastia

Otoplastia

Face

ENTENDA O PROCEDIMENTO

procedimentos-img-1

Melhorando a sua aparência com a cirurgia da orelha

Se orelhas salientes ou desfiguradas incomodam você ou seu filho, pode-se considerar a cirurgia plástica. Cirurgia da orelha – também conhecida como otoplastia – pode melhorar a forma, a posição ou as proporções das orelhas. A cirurgia corrige um defeito na estrutura das orelhas presente desde o nascimento, que se torna aparente com o desenvolvimento, ou trata orelhas deformadas causadas por lesão. A otoplastia cria uma forma natural, dando equilíbrio e proporção às orelhas e à face. Correção de deformidades menores pode beneficiar a aparência e a autoestima.

PERGUNTAS FREQUENTES

É indicada para mim?

A otoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

Otoplastia em crianças

• Crianças saudáveis, sem doença com risco de vida ou com infecções crônicas não tratadas de ouvido,
• Geralmente, crianças com cinco anos de idade, ou quando a cartilagem da orelha já é estável o suficiente para a correção,
• Crianças cooperativas e que sigam as recomendações médicas,
• Crianças capazes de expressar o que sentem e não manifestam objeções durante a discussão da cirurgia.

Otoplastia em adultos e adolescentes

• Indivíduos saudáveis que não tenham doença com risco de vida ou condições médicas que possam prejudicar a cicatrização,
• Não fumantes,
• Indivíduos com visão positiva e metas específicas dos resultados.

O que esperar da consulta

O sucesso e a segurança do procedimento dependem muito de sua sinceridade durante a sua consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Preparando-se para a cirurgia

Previamente à cirurgia, pode ser necessário:

• Fazer exames de laboratório ou avaliação médica,
• Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais,
• Parar de fumar bem antes da cirurgia,
• Evitar tomar aspirina e alguns antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.

Instruções especiais

• O que fazer no dia da cirurgia,
• O uso de anestesia durante o procedimento,
• Cuidados pós-operatórios.

O cirurgião plástico irá também discutir onde o procedimento será realizado

Informações de segurança

A decisão de se submeter à otoplastia é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. O cirurgião plástico e/ou assistentes irão lhe explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações.

Onde a cirurgia será realizada?

O procedimento deve ser realizado em local seguro e confortável para o médico e o paciente, em centro cirúrgico autorizado pela Vigilância Sanitária, com equipamentos e equipe treinada para qualquer intercorrência.

Após a cirurgia, bandagens ou curativos serão aplicados sobre o local cirúrgico para mantê-lo limpo, protegê-lo de trauma e para sustentar a nova posição da orelha durante a cicatrização inicial.

Ao receber alta

Se você sentir falta de ar, dor no peito ou batimentos cardíacos anormais, procure atendimento médico imediatamente. Se algumas destas complicações ocorrerem, você pode precisar de internação e de tratamento adicional.

A prática da medicina e da cirurgia não é uma ciência exata. Apesar de serem esperados bons resultados, não há garantia. Em algumas situações, pode não ser possível atingir ótimos resultados com um único procedimento cirúrgico, sendo necessária uma nova cirurgia.

Seja cuidadoso

Seguir as recomendações de seu médico é fundamental para o sucesso da cirurgia. É importante que as incisões cirúrgicas não estejam sujeitas à força excessiva, à escoriação, ou ao movimento durante o tempo de cicatrização.

Recuperação

É normal haver desconforto logo após a cirurgia, sendo o mesmo controlado com medicação para dor. Pode haver sensação de coceira sob as ataduras. É importante que as mesmas permaneçam intactas e não sejam removidas de modo algum. Se esta recomendação não for seguida, pode resultar na perda de parte da correção, sendo necessária nova cirurgia.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

  • Compartilhe

Dr. Paulo Duarte

Atua como cirurgião plástico em Natal e Belo Horizonte, atende no Instituto da Mama, Natal Hospital Center, Hospital da LIGA Norteriograndense, Hospital Público Monsenhor Walfredo Gurgel, bem como na Clínica Bonica em Belo Horizonte.

blog2-man
Autor